NOTÍCIAS


VÍDEO: Mergulhadores avistam mais de 40 tubarões durante passeio no arquipélago de Alcatrazes no litoral de SP



Grupo de Ilhabela praticava mergulho no arquipélago de Alcatrazes, no Litoral Norte de SP, quando encontrou mais de 40 tubarões-martelo. Espécie não é considerada agressiva. Mergulhadores avistam mais de 40 tubarões durante passeio em arquipélago de SP Um grupo de moradores de Ilhabela avistou mais de 40 tubarões-martelo durante um passeio no arquipélago de Alcatrazes, uma unidade de conservação marinha que fica a 40 quilômetros da costa no Litoral Norte de São Paulo, no último fim de semana. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp O passeio era acompanhado pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), um órgão federal que fiscaliza o arquipélago. O avistamento aconteceu no domingo (17). De acordo com o ICMBio, que divulgou as informações e as imagens nesta quarta-feira (20), dois monitores acompanhavam o grupo, que era formado por 15 amigos, entre velejadores, surfistas e mergulhadores. Mergulhadores avistam mais de 40 tubarões durante passeio em arquipélago de SP Reprodução/Adriano Perna Durante o passeio, o grupo se deparou com mais de 40 animais da espécie, que não é considerada agressiva. Para o designer Florence Suzuki, a experiência foi inesquecível. “O nosso objetivo era um mergulho livre, mas ao cairmos na água ficamos surpresos com a quantidade de vida marinha. O que tornou mais incrível o passeio foi o avistamento do cardume de tubarões-martelo”, afirma. De acordo com a chefe do ICMBio Alcatrazes Thais Rodrigues, o aparecimento dos tubarões-martelo é uma prova da preservação da biodiversidade marinha no local. “Para que estas espécies ocorram em determinados locais, todo o ambiente precisa estar em equilíbrio e abundância de outros peixes, que os servem de alimentos. Esse aumento expressivo destas espécies no arquipélago se deve ao fortalecimento das estratégias de fiscalização do ICMBio Alcatrazes, com consequente redução da pesca”, explica. Leia mais notícias do Vale do Paraíba e região Mergulhadores avistam mais de 40 tubarões durante passeio em arquipélago de SP Reprodução/Adriano Perna Aparição de tubarões ameaçados de extinção O arquipélago de Alcatrazes, unidade de conservação marinha que fica a 40 km da costa no Litoral Norte de São Paulo, tem sido o cenário para o encontro raro de tubarões ameaçados de extinção. Em alto-mar, em São Sebastião (SP), pesquisadores e cientistas do Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), Universidade Federal de São Paulo (Unifesp), Centro de Biologia Marinha da Universidade de São Paulo (Cebimar) e do Instituto Oceanográfico da USP conseguiram fazer registros de tubarões ao longo dos últimos dois anos. Pesquisadores registram encontro de tubarões ameaçados de extinção em refúgio no arquipélago de Alcatrazes. Reprodução/TV Vanguarda Desde 2016, Alcatrazes ampliou a área de preservação em quase 30 vezes, saltando de 26 km² de área conservada para cerca de 700 km². Como parte do programa de preservação do refúgio, é proibida a pesca na área. Além disso, as visitas no arquipélago precisam ser autorizadas pelo ICMBio. O registro de tubarões na região começou há cerca de dois anos, segundo o professor Fábio Motta, que é professor da Unifesp e coordenador do projeto Mar de Alcatrazes. “Registramos sete espécies de tubarões, seis delas ameaçadas de extinção. Os nossos estudos têm mostrado que nos últimos anos a presença desses animais no arquipélago é muito mais presente”, conta. Pesquisadores registram encontro de tubarões ameaçados de extinção em refúgio no arquipélago de Alcatrazes. Reprodução/TV Vanguarda Segundo os pesquisadores, foram registradas no arquipélago de Alcatrazes sete espécies de tubarões. São elas: Tubarão galhudo-malhado, Tubarão-mangona ou tubarão-touro, Tubarão Galhudo ou Tubarão-cinzento, Tubarão-seda, Cação-frango, Tubarão-martelo, Tubarão-martelo-liso.

Fonte: G1


20/03/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
TARDE SERTANEJA - PRATA FM VALE