NOTÍCIAS


Três famílias continuam desalojadas após chuvas provocarem estragos em Paraibuna, SP



Prefeitura e Defesa Civil seguem com ações de rescaldo após chuva forte que atingiu a cidade no fim de semana. Equipes tentam desobstruir acesso a dois bairros da zona rural. Três famílias continuam desalojadas após chuvas provocarem estragos em Paraibuna André Luis Rosa/TV Vanguarda Três famílias continuam desalojadas após as fortes chuvas que atingiram Paraibuna (SP) no último sábado (24). A prefeitura da cidade, que teve diversos estragos por conta do temporal, segue com ações de rescaldo nesta segunda-feira (26). ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp Prefeitura decreta situação de emergência em Paraibuna De acordo com o prefeito do município, Victor Miranda (PSD), equipes têm trabalhado principalmente para desobstruir as estradas que levam a dois bairros da zona rural – Sítio Primavera e Morro Azul -, cujos acessos foram bloqueados por quedas de barreira. Por conta disso, os moradores dessas regiões estão isolados e sem energia elétrica, já que os postes da rede elétrica também foram danificados pelas chuvas. “Nesse momento nós temos três famílias desalojadas, que não têm condições de retorno para suas residências. Temos também dois bairros isolados, onde equipes continuam trabalhando para retirada de barreiras. Estamos atendendo os moradores e já levamos medicação”, afirma. Há estragos também na zona urbana. A ponte da rua Padre Américo, no bairro Vila Fátima, foi interditada para a passagem de veículos. Parte das cabeceiras da ponte caiu e ela vai precisar ser reconstruída. Calçadas da rua também foram interditadas. Três famílias continuam desalojadas após chuvas provocarem estragos em Paraibuna, SP Reprodução/TV Vanguarda Três famílias continuam desalojadas após chuvas provocarem estragos em Paraibuna, SP Reprodução/TV Vanguarda O abastecimento de água ainda não havia sido totalmente normalizado na manhã de segunda. Segundo a prefeitura, houve um bloqueio no sistema de captação, mas a expectativa é que o serviço seja retomado ao longo desta segunda. Leia mais notícias do Vale do Paraíba e região Foram registrados 103 milímetros de chuva no sábado. Esse índice representa metade da média histórica de volume para o mês todo na cidade, segundo o Centro de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (Cemaden). Chuva causa alagamentos em Paraibuna Por conta disso, Paraibuna decretou situação de emergência, que prevê ‘a mobilização de todos os órgãos municipais para atuarem sob coordenação da Defesa Civil, nas ações de resposta ao desastre e reconstrução das áreas afetadas. O decreto tem validade de 180 dias. Além disso, a Defesa Civil Estadual efetivou a mudança do nível de Operação do Plano Preventivo de Defesa Civil (PPDC) de ‘atenção’ para ‘alerta’. Isso por conta do risco de deslizamentos de terra, devido ao acúmulo de água da chuva. Chuva causa queda de pontes, alagamentos e deslizamentos em Paraibuna, SP Renê Guibo/Vanguarda Repórter Consequências da chuva De acordo com a Defesa Civil de Paraibuna, a chuva começou por volta das 16h de sábado e causou pontos de alagamento e deslizamentos de terra. Os bairros mais afetados foram Laranjeiras, Vila Amélia, Morro Azul e Zona Rural. Nos bairros Espírito Santo, Ilhéus, Vila Amélia, Salto e Estrada do Capim Dangola, foram registrados deslizamentos de terra sobre as vias, com interdições parciais apenas. A chuva também fez cair parte do muro do cemitério da cidade, ao lado do velório municipal. A Rodovia dos Tamoios precisou ser interditada por cerca de duas horas (nos dois sentidos da pista), na altura do km 38. O acesso ao bairro da Vila Amélia também ficou bloqueado, onde parte de um barranco desmoronou. Tamoios é bloqueada por alagamento Ailton Laurentino/Vanguarda Repórter

Fonte: G1


26/02/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
ALÔ BOM DIA 1ªED - PRATA FM VALE