NOTÍCIAS


Taubaté declara situação de emergência por epidemia de dengue e organiza hospital de campanha; entenda



Com a declaração emergencial, a prefeitura alega que poderá realizar novas medidas para o combate à epidemia. Duas pessoas morreram de dengue na cidade este ano, segundo a Secretaria de Saúde. Mosquitos Aedes aegypti. REUTERS/Paulo Whitaker A Prefeitura de Taubaté declarou situação de emergência pela epidemia de dengue na cidade, na tarde desta terça-feira (20). De acordo com o órgão, novas medidas para conter a proliferação do mosquito Aedes aegypti serão tomadas, inclusive com a organização de um hospital de campanha – leia mais abaixo. Segundo a prefeitura, a situação de emergência se justifica pelo grande número de notificações para quadros de dengue que foram informados para a Vigilância Epidemiológica Municipal, tanto na rede pública de saúde, quanto na rede particular. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp Com a declaração emergencial, a prefeitura alega que poderá realizar novas medidas para o combate à epidemia, como a aquisição de insumos e materiais, contratação de serviços necessários para o controle da doença, entre outros. Ainda segundo a prefeitura, como parte da ação emergencial contra a dengue, nesta quarta-feira (21), a Secretaria de Saúde de Taubaté vai iniciar uma divisão das unidades de saúde para atender os moradores com sintomas da doença. Com a mudança, a unidade do Pronto-Socorro Municipal passa a atuar como Hospital de Campanha, sendo referência para casos suspeitos e positivos dos vírus da dengue, chikunguya e zika para maiores de 12 anos de idade. A unidade conta com emergência, UTI semi-intensiva, isolamento, observação masculina e feminina. Casos não sintomáticos de dengue serão encaminhados para as UPAs San Marino, Santa Helena e Cecap. Para crianças até 11 anos, as unidades disponíveis serão as UPAs Cecap, San Marino e Santa Helena e Pronto-Socorro Infantil do Hospital Municipal Universitário de Taubaté. Alta nos casos Segundo dados da Vigilância Epidemiológica, este ano a cidade já tem 1.733 casos confirmados de dengue e duas mortes pela doença. Além disso, ao menos 36 pessoas estão internadas na cidade com sintomas da dengue.

Fonte: G1


20/02/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
QUINTAL DO NANDO - PRATA FM VALE