NOTÍCIAS


Quase um ano após tragédia no litoral de SP, vítimas das chuvas recebem moradias populares em São Sebastião



Ao todo, 186 moradias serão entregues em Maresias neste sábado. Outras 518 estão previstas para serem entregues ainda neste mês. Conjunto habitacional para desabrigados será entregue amanhã em São Sebastião Quase um ano após a chuva que matou 64 pessoas em São Sebastião, no Litoral Norte de SP, os apartamentos construídos em Maresias, voltados às famílias desabrigadas, estão prontos – e serão entregues neste sábado (2). Ao todo, são 186 moradias entregues no Conjunto em Maresias. Cada apartamento tem 44 metros quadrados, com sala, cozinha, um banheiro e dois quartos. As famílias começam a se mudar na segunda-feira (5). ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp Ao todo, 186 apartamentos são entregues em Maresias, em São Sebastião, SP João Mota/TV Vanguarda A entrega dos apartamentos acontece com um atraso de seis meses em relação ao primeiro prazo de entrega dado pelo Governo. Anteriormente, a expectativa da gestão era entregar o empreendimento em agosto. Como não foram entregues em agosto, o Governo mudou o prazo para outubro e, em seguida, para dezembro. Ainda neste mês, 704 moradias devem ser finalizadas. Além das unidades entregues em Maresias, o Governo deve entregar 518 apartamentos no bairro Baleia Verde. A previsão é que eles sejam entregues na metade deste mês. Ao todo, 186 apartamentos são entregues em Maresias, em São Sebastião, SP João Mota/TV Vanguarda Tragédia O temporal que atingiu o litoral em fevereiro deste ano foi o maior registrado em 24 horas na história do país, segundo dados do Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden) e Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). Ao todo, 64 pessoas morreram. A chuva começou no sábado, 18 de fevereiro. Durante a noite, ela já era muito forte e não parou mais. Por conta disso, a maioria dos estragos começou já na madrugada de domingo, dia 19. Conjunto habitacional para desabrigados será entregue amanhã em São Sebastião A cidade mais prejudicada foi São Sebastião. A Vila Sahy, na Costa Sul, foi a mais atingida por deslizamentos de terra e ficou totalmente destruída. O local somou a maior parte das vítimas da tragédia. Outra cidade da região com registro de morte foi Ubatuba, onde uma menina de sete anos morreu após uma pedra de duas toneladas deslizar e atingir o local que ela morava.

Fonte: G1


03/02/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
TARDE SERTANEJA - PRATA FM VALE