NOTÍCIAS


Mulher que morreu após ser arrastada por enxurrada era cozinheira de projeto social do Santuário Nacional de Aparecida



Rosangela Custódio, de 51 anos, chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu. O neto dela, de 11 anos, também foi arrastado, mas sobreviveu. Rosangela Custódio morreu após ser arrastada pela enxurrada em Aparecida Montagem/g1 A cozinheira Rosangela Custódio, que morreu após ser arrastada por uma enxurrada em Aparecida (SP), era funcionária de um projeto social do Santuário Nacional de Nossa Senhora Aparecida. A mulher chegou a ser socorrida, mas não resistiu e morreu. O neto dela, de 11 anos, também foi arrastado pela enxurrada, mas sobreviveu. O temporal causou diversos estragos após o registro de 63 milímetros de chuva em apenas 25 minutos – leia mais detalhes abaixo. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp Mulher morre após ser arrastada por enxurrada em Aparecida (SP) Arte/g1 Rosângela Custódio trabalhava como cozinheira da Casa do Pequeno, um projeto social do Santuário Nacional que atende crianças da cidade no contraturno escolar. O programa existe desde 1990, em um espaço ao lado da basílica. A cozinheira tinha 51 anos e deixa dois filhos. Ela estava com o neto na rua Padre Gebardo, no bairro Santa Rita, no fim de tarde desta terça-feira (20), quando foi arrastada por uma correnteza de água e lama formada pela chuva forte que atingiu a cidade. Rosangela Custódio morreu após ser arrastada pela enxurrada Arquivo Pessoal O temporal começou às 17h30 e causou diversos estragos na cidade. Um vídeo mostra o momento em que Rosangela e o neto são levados pela enxurrada. Nas imagens é possível ver primeiro o garoto arrastado. Pouco depois, aparece Rosangela. Os dois ainda tentam se segurar em uma lixeira, mas não conseguem. Um morador tenta ajudar, mas sem sucesso. Veja o vídeo abaixo: VÍDEO mostra momento em que mulher e criança são arrastadas por enxurrada em Aparecida A mulher chegou a ser socorrida e levada pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Guaratinguetá, mas não resistiu e morreu. Leia mais notícias do Vale do Paraíba e região O menino foi encontrado na mesma rua. Ele também foi encaminhado à UPA da cidade vizinha. Segundo a prefeitura, o garoto está bem e lúcido, apesar do abalo. Enxurrada provoca morte de mulher em Aparecida, no Vale do Paraíba Estrago da chuva Além da enxurrada na rua Padre Gebardo, a Defesa Civil estadual informou que a chuva provocou pontos de alagamento e abalo em estrutura de imóveis. Os bairros mais afetados foram o Jardim São Paulo e Santa Rita. Mulher é arrastada por enxurrada em Aparecida Reprodução A água invadiu casas, comércios e deixou carros submersos. Diversos pontos da cidade foram tomados por lama e houve alagamentos em vias como a avenida Padroeira do Brasil e todo o bairro Santa Rita. A Defesa Civil informou que quatro casas apresentaram danos em suas estruturas e foram interditadas preventivamente. Doze pessoas ficaram desalojadas e foram encaminhadas para casa de parentes; Quatro pessoas ficaram desabrigadas e foram encaminhadas para o Albergue Municipal.

Fonte: G1


21/02/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
TARDE SERTANEJA - PRATA FM VALE