NOTÍCIAS


Marinha e bombeiros entram no 6° dia de buscas por pescadores que desapareceram no mar em Ilhabela, SP



Três pescadores de Guarulhos (SP) foram lançados ao mar após embarcação virar na sexta-feira (19). Um corpo já foi encontrado, mas outros dois homens seguem desaparecidos. Operação de busca por pescadores que desapareceram no mar chega ao 6° dia em Ilhabela, SP Divulgação/GBMar As buscas pelos pescadores que desapareceram no mar em Ilhabela, no Litoral Norte de São Paulo, chegaram ao 6° dia consecutivo nesta quinta-feira (25). ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp Três pescadores de Guarulhos (SP) foram lançados ao mar na última sexta-feira (19). Um corpo já foi encontrado, mas outros dois homens seguem desaparecidos – confira abaixo. A Marinha do Brasil está coordenando uma operação desde domingo (21) e tem usado duas embarcações nas buscas, uma delas é chamada de ‘Navio Patrulha Guajará’. Operação de busca por pescadores que desapareceram no mar chega ao 6° dia em Ilhabela, SP Divulgação/GBMar O Grupamento de Bombeiros Marítimo (GBMar) também tem participado dos trabalhos. Nesta quarta-feira (24), a corporação concentrou as ações na costa sul de Ilhabela, na região do Buraco do Cação. Ainda segundo o GBMar, cinco agentes têm trabalhado na operação, sendo três fazendo as buscas no mar e outros dois focados no planejamento das ações. Na segunda-feira (22), a lancha em que os pescadores estavam foi encontrada por amigos das vítimas – saiba mais abaixo. Marinha do Brasil em operação de buscas por pescadores que estão desaparecidos em Ilhabela Divulgação/Marinha do Brasil Pescadores O pescador encontrado morto foi identificado como Tsuyoshi Yamaguti, de 65 anos. Ele era veterinário e deixou três filhos. O corpo já foi velado e enterrado, no cemitério Nossa Senhora do Bonsucesso, em Guarulhos. O corpo de Tsuyoshi Yamaguti foi encontrado no sábado (20), no dia do desaparecimento do trio Reprodução/Arquivo pessoal Dois pescadores, de 71 e 33 anos, seguem desaparecidos. Um deles é Tairon de Almeida Giorgeto, de 33 anos. Ele é membro da diretoria do Sinttaresp (Sindicato dos Tecnólogos Técnicos Auxiliares em Radiologia) de São Paulo. Albino Yoshimassa Ota, de 71 anos, é aposentado e amigo do pescador que encontrado morto. Ele também segue desaparecido. Tairon de Almeida Giorgeto, 33 anos, desapareceu em Ilhabela. Arquivo pessoal Embarcação Encontrada A embarcação utilizada pelos pescadores que desapareceram no mar em Ilhabela, no Litoral Norte de São Paulo, foi encontrada na tarde de domingo (21). De acordo com o GBMar, a embarcação – uma lancha – foi encontrada por amigos das pescadores e moradores da região Sul de Ilhabela, próximo à Ilha de Búzios. Embarcação utilizada por pescadores que desapareceram em Ilhabela (SP) é encontrada Divulgação Ainda segundo o GBMar, a informação sobre o encontro da lancha foi confirmada por um sobrinho de uma das vítimas no início da tarde de segunda (22). Os bombeiros afirmaram que a embarcação tinha danos em toda a parte lateral, “como se tivesse colidido contra a costeira”. Embarcação utilizada por pescadores que desapareceram em Ilhabela (SP) é encontrada Divulgação No sábado, os bombeiros encontraram mochilas no mar e acreditam que elas sejam dos pescadores. Mochilas encontradas em mar de Ilhabela Divulgação/GBmar Desaparecimento De acordo com os bombeiros, os três pescadores de Guarulhos alugaram uma casa para passar o fim de semana em Ilhabela, na avenida Governador Mário Covas Junior, no bairro dos Borrifos. Por volta das 15h de sexta-feira (19), eles saíram para pescar na região sul da ilha. O barco pequeno de alumínio em que estavam teria virado e lançado os três ao mar. Os bombeiros foram acionados por volta das 21h50 de sexta-feira, pela pessoa que alugou a casa para os três. Como eles não tinham retornado, ela acionou os bombeiros. Avenida Governador Mário Covas Junior, em Ilhabela Bruna Capasciutti/TV Vanguarda A locatária do imóvel informou que ouviu gritos vindos do mar. Em seguida, ela avistou uma pessoa nas pedras próximas da costeira que dá acesso a um restaurante ao sul de Ilhabela. O policiamento foi ao local, mas, como estava escuro e o mar revolto, não conseguiu avistar ninguém e retornou à base. Os bombeiros foram novamente ao local indicado no sábado (20), localizaram o corpo do pescador de 65 anos e o encaminharam ao Instituto Médico Legal (IML) de Caraguatatuba. Operação de busca por pescadores que desapareceram no mar em Ilhabela. Divulgação/GBMar Veja mais sobre o Vale do Paraíba e região bragantina

Fonte: G1


25/04/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
AMIGOS DO TEODORO - PRATA FM VALE