NOTÍCIAS


Justiça concede liberdade provisória a homem acusado de estupro de vulnerável após apalpar menina em Caraguatatuba



A vítima é uma criança de oito anos. Câmeras de segurança de supermercado registraram a ação do homem. Homem é preso por estupro de vulnerável em supermercado de Caraguatatuba, SP A Justiça concedeu liberdade provisória ao homem de 59 anos acusado de estupro de vulnerável após apalpar uma criança de oito anos em um supermercado de Caraguatatuba, no Litoral Norte de São Paulo. Um vídeo registrou a ação (veja acima). ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp Edison Soares Justo foi preso em flagrante na quinta-feira (11), mas solto após passar por audiência de custódia nesta sexta-feira (12). De acordo com a decisão, com a liberdade provisória, o acusado não pode sair da cidade ou mudar de endereço e terá que comparecer mensalmente ao fórum até que o caso seja julgado. Ele também está proibido de se aproximar ou tentar contato com a vítima e seus familiares. A reportagem procura a defesa de Edison Soares Justo, mas não conseguiu contato. O Grupo Carrefour, dono do Atacadão, informou que está indignado com a situação e está prestando apoio aos responsáveis pela criança. Homem é preso por estupro de vulnerável em supermercado de Caraguatatuba, SP Reprodução Câmeras registraram a ação Câmeras de segurança do mercado registraram o momento em que o homem aborda e toca a criança, entre dois pallets com produtos. Instantes depois, a mãe da vítima se aproxima, e o suspeito se afasta- assista o vídeo no início da reportagem. O caso aconteceu por volta das 15h30, em um supermercado que fica na avenida José Herculano, no bairro Travessão. Segundo informações do boletim de ocorrência, a própria garota relatou à mãe, de 48 anos, que foi apalpada pelo homem. Com isso, a mãe denunciou o caso aos seguranças do mercado. Homem é preso por estupro de vulnerável em supermercado de Caraguatatuba, SP Reprodução Por meio das imagens, as equipes do mercado identificaram o homem e acionaram a Polícia Militar. Os policiais encontraram o homem ainda nas garagens do fundo do estabelecimento. Segundo o registro, ele negou o caso e alegou que, caso tenha encostado na criança, havia sido sem intenção e por descuido.O aparelho celular de Edison foi apreendido e será usado nas investigações.

Fonte: G1


12/01/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
CLÁSSICOS - PRATA FM VALE