NOTÍCIAS


Jovem é condenado a mais de 26 anos de prisão por matar homem e filmar execução em Caraguatatuba, SP



O crime aconteceu em março de 2022, na região central da cidade. O jovem, na época com 19 anos, matou a vítima, de 37, que não quis esconder drogas do criminoso em casa. Fórum de Caraguatatuba Cláudio Gomes/PMC Um jovem, de 21 anos, foi condenado a mais de 26 anos de prisão em regime inicial fechado por matar um homem a tiros e filmar a execução em Caraguatatuba (SP), no Litoral Norte de São Paulo, em 2022. ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp O crime aconteceu no dia 15 de março daquele ano. Segundo a Justiça, Osmario Santos dos Anjos Júnior, na época com 19 anos, matou Jeferson William Santos da Luz, de 37 anos, pois a vítima não quis esconder drogas do criminoso em casa – leia mais detalhes abaixo. A condenação foi definida após um júri popular realizado na última terça-feira (19) na cidade do Litoral Norte de São Paulo. Osmario foi condenado por dois crimes: homicídio qualificado tentado pelo motivo fútil e pelo recurso que dificultou a defesa da vítima. homicídio qualificado pelo motivo fútil, pela utilização de meio cruel e pela impossibilidade de resistência da vítima. Ao todo, o jovem foi condenado a 26 anos, 10 meses e 20 dias de prisão, em regime inicial fechado, sem a possibilidade de recorrer em liberdade. Leia mais notícias do Vale do Paraíba e região O g1 acionou a Defensoria Pública de São Paulo, responsável pela defesa do réu, e aguarda retorno. A matéria será atualizada caso o órgão se manifeste. O caso O crime aconteceu no dia 15 de março de 2022, quando Osmario Santos dos Anjos Júnior, na época com 19 anos, matou Jeferson William Santos da Luz, de 37, a tiros, na avenida Derval Teixeira, no Centro de Caraguatatuba. O criminoso filmou a execução com seu celular, segundo o Ministério Público de São Paulo (MP-SP), responsável pela denúncia. “Saliente-se que após atirar na vítima o acusado filmou com o aparelho telefônico sua conduta criminosa, recarregou sua arma e efetuou novos disparos contra o ofendido, se vangloriando do fato de ter matado a vítima, o que revela uma brutalidade fora do comum”, relata o MP no documento ao qual o g1 teve acesso. Pouco menos de dois meses antes, no dia 17 de fevereiro de 2022, Osmario já havia tentando matar Jeferson. O jovem chegou a disparar contra o alvo, mas não conseguiu matá-lo. A tentativa de homicídio aconteceu em um bar na travessa José Arildo Moreira, no bairro Benfica. Ainda de acordo com o MP-SP, tudo começou com uma briga entre os dois, motivada pelo fato de Jeferson não querer esconder em casa drogas de Osmario, que era traficante. Segundo a denúncia, o jovem chegou a tentar esconder uma sacola com drogas no quintal da casa do homem, que pegou a sacola e arremessou na rua. O desentendimento deu início a uma briga entre a dupla, até que Osmario executou Jeferson.

Fonte: G1


21/03/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
CLÁSSICOS - PRATA FM VALE