NOTÍCIAS


Homem é preso após tentar matar ex-namorada e policial em festa de aniversário em Caraguatatuba



O criminoso de 26 anos invadiu a festa de aniversário da ex-namorada e atirou contra ela, que foi socorrida com vida. Além disso, ele tentou matar também um escrivão da Polícia Civil, que é o atual companheiro da vítima. Delegacia em Caraguatatuba João Mota/TV Vanguarda Um homem de 26 anos foi preso em flagrante após tentar matar a ex-namorada e o atual companheiro dela – um escrivão da Polícia Civil – durante uma festa de aniversário em Caraguatatuba (SP), na noite deste domingo (28). ✅ Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp De acordo com informações do boletim de ocorrência, Ricardo Germano Ferreira de Sena confessou que invadiu o aniversário com a intenção de matar a ex e o atual namorado dela. O g1 tenta contato com a defesa do homem, que tentou atirar também contra o ex-sogro. Ele chegou a fugir pela área de mata da cidade, mas foi preso em flagrante após negociações com o delegado. A mulher tem 24 anos e comemorava o aniversário em casa. Ela foi atingida na clavícula direita e socorrida com vida à UPA do bairro Massaguaçu. Depois, foi encaminhado ao hospital Stella Maris. Não se sabe o estado de saúde da vítima. O caso foi registrado como violência doméstica, porte ilegal de arma de fogo, tentativa de homicídio contra autoridade e tentativa de feminicídio no 2° DP de Caraguatatuba. Leia mais notícias do Vale do Paraíba e região O caso Ainda segundo informações do boletim de ocorrência, o caso aconteceu por volta das 22h deste domingo (28), em uma casa na avenida Otavio Luiz Soares, no bairro Massaguaçu. Uma jovem de 24 anos comemorava seu aniversário no local, quando o ex-namorada dela invadiu a casa com uma arma de fogo e disse aos convidados que estava lá para assassiná-la. O criminoso efetuou disparos contra a jovem, que ficou ferida na clavícula direita. Ela foi socorrida pelo próprio pai à Unidade de Pronto Atendimento do bairro. Após os disparos, os convidados – inclusive crianças – começaram a correr do local para fugir do atirador. Durante a fuga, ele tentou atirar contra o atual namorado da mulher – um escrivão da Polícia Civil, de 30 anos – e contra o pai dela – seu ex-sogro, de 51 anos -, mas não conseguiu. O homem fugiu após o crime. A Polícia Militar foi acionada, mas não conseguiu encontra-lo. Em seguida, enquanto registrava o caso na delegacia, o delegado da Polícia Civil ligou para o celular de Ricardo, que atendeu, O criminoso e o delegado iniciaram uma negociação para que o homem se entregasse. O policial prometeu proteger a integridade física do criminoso, que topou se entregar. Ele foi preso em flagrante e contou que, durante a fuga pela Travessia do Ilhote da Cocanha na Praia da Cocanha, perdeu a arma de fogo que usou no crime. O carro, o celular e a carteira do homem foram apreendidos. De acordo com a Polícia Civil, Ricardo Germano Ferreira de Sena já tinha antecedentes criminais, inclusive por violência doméstica contra a ex-namorada.

Fonte: G1


29/01/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
QUINTAL DO NANDO - PRATA FM VALE