NOTÍCIAS


Com aumento nos casos de dengue, Hemocentro de Taubaté tem queda nas doações e está com baixo estoque de sangue; veja como doar



Alta dos casos de dengue influencia diretamente na baixa do estoque de sangue, pois contrair a doença impossibilita temporariamente que o morador realize a doação. Tipo A+ e O+ estão muito abaixo do necessário. Hemocentro de Taubaté está com estoque baixo de sangue; veja como doar. Bianca Chaboudet/Inter TV O Hemocentro de Taubaté está com o estoque abaixo do necessário para suprir a necessidade e atender os hospitais e pacientes que dependem dele. Os tipos sanguíneos tipo A+ e O+ são os que estão com baixa arrecadação e precisam de mais doações no momento. ✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp Segundo o Hemocentro, na tarde desta terça-feira (23), o estoque para o tipo A+ estava 30,1% abaixo do ideal. Já para o tipo O+, o estoque estava com uma defasagem de 47,7% da quantidade considerada ideal para atender a demanda. Ainda de acordo com o Hemocentro, a alta dos casos de dengue impacta diretamente em nos estoques, já que requer transfusão de plaquetas no tratamento em alguns casos. Ainda por conta da dengue, aumentou em média 20% a produção de plaquetas para atender a demanda nos últimos meses. Além disso, os doadores que tiveram dengue clássica ficam impedidos de doar sangue por pelo menos 30 dias. Em casos graves, a recomendação é não doar por seis meses, e se receberem transfusão, por um ano. O Hemocentro de Taubaté fica na Av. Inglaterra, 190 – Jardim das Nações e o horário de atendimento de 2° a 6° feira das 07h às 16h. Para doar não é necessário agendar horário. Confira os requisitos para doar sangue: Ter entre 16 e 69 anos; Menores de 18 anos devem estar acompanhados de um dos pais/responsáveis; Pesar no mínimo 50kg; Levar um documento oficial com foto; Ter dormido no mínimo 6 horas; Não estar em jejum.

Fonte: G1


24/04/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
TARDE SERTANEJA - PRATA FM VALE