NOTÍCIAS


Chuva forte causa alagamentos, queda de árvore e deslizamento de terra no Litoral Norte de SP


Caraguatatuba e Ubatuba registraram estragos por conta das chuvas do final de semana. Chuva causa alagamento em Ubatuba As chuvas do final de semana causaram estragos em Caraguatatuba e Ubatuba, no Litoral Norte de São Paulo. Em Caraguatatuba, houve registro de deslizamentos de terra e queda de árvore. Duas casas foram interditadas. Já em Ubatuba, diversas ruas ficaram alagadas. Cerca de dez pessoas ficaram desalojadas, cinco em cada cidade. Não há registro de feridos. ✅Clique aqui para seguir o canal do g1 Vale do Paraíba e região no WhatsApp Caraguatatuba Segundo a Defesa Civil de Caraguatatuba, na manhã deste último domingo (21), uma chuva com fortes rajadas de vento afetou casas e ocasionou deslizamentos de terra. Cerca de cinco pessoas ficaram desalojadas e foram encaminhadas a casa de parentes. Os estragos foram registrados em dois bairros: Benfica e Estrela d’Alva, ambos na região central: No Benfica, duas casas foram interditadas, sendo que uma estava vazia. Uma família com dois adultos, duas crianças e três cachorros foi levada para casa de amigos. No bairro Estrela d’Alva, houve deslizamento de terra na rua e uma queda de árvore. Os moradores locais receberam orientações e o local será mantido em monitoramento. De acordo com boletim emitido Centro Nacional de Monitoramento e Alertas de Desastres Naturais (Cemaden), foram acumulados 40mm de chuva na cidade. As regiões mais atingidas pelas tempestades foram Jaraguá, com 42,73mm e Rio do Ouro, com 42,23mm. Ubatuba Em Ubatuba, a chuva provocou ocorrências de alagamento. Três vias foram interditadas para a passagem de veículos na manhã desta segunda-feira (22). Três crianças e um casal de idosos foram retirados de casa após alagamento na Avenida Rio Grande do Sul. Eles foram encaminhados à casa de parentes. Ainda de acordo com a Defesa Civil, nenhum alerta de deslizamento de massa foi recebido, porém, devido ao número elevado registrado pelos pluviômetros, o órgão continua monitorando as áreas de risco. A previsão é que a chuva permaneça até quarta-feira (24). A Defesa Civil ainda orienta a população não deve enfrentar enxurradas e inundações. Para os motoristas, a recomendação é que reduzam a velocidade, mantendo distância segura de outros veículos, e estejam atentos a possíveis bloqueios viários por queda de árvores ou alagamentos. Veja mais sobre o Vale do Paraíba e região

Fonte: G1


22/01/2024 – Prata FM Vale

COMPARTILHE

SEGUE A @PRATAFMVALE

NO AR:
FIM DE SEMANA - PRATA FM VALE